Tô grande!

Lilypie Third Birthday tickers

Princesa na área...

Lilypie First Birthday tickers

quarta-feira, 2 de junho de 2010

MEU MOMENTO ATARI

Quem que nasceu entre os anos 70 e 80 não se lembra do ATARI? O super primeiro dos videogames... Mastersystem, Nintendo, Playstations I, II, III e vai saber quantos virão... todos eles ainda nem sonhavam em existir, e a gente era mega feliz com o Pac-man e o Enduro.


Eu nunca mais consegui jogar videogame como era antes. E não tinha nada melhor do que passar de fase. Parece que isso continua assim nos jogos atuais. Passar de fase é sempre a melhor parte.


E é sobre isso que quero escrever hoje. Hoje estamos completando 40 dias! O Lucas completa 40 dias de vida e eu completo 40 dias como mãe.


Eu não sei exatamente de quando vem a preocupação e cuidado com os primeiros 40 dias; mas estou felicíssima de estar deixando para trás a tal “quarentena”. Foram dias incríveis de estar com meu pimpolho querido-amado-idolatrado-tudibão, mas também foram dias de adaptação... Primeiro foram as dorezinhas, do pós-operatório (que foi bem tranqüilo, mas exige cuidados...) e da amamentação (que também não é nada de outro mundo... totalmente suportável e que a gente tira forças para agüentar por que sabe do bem que está fazendo para o nosso tesourinho), depois a história de não poder fazer nada – e isso me irrita um monte – porque toda hora alguém diz que você não deveria estar de pé no chão... Tudo bem que esta semana esfriou, mas nos primeiros dias eu sentia um mega calor e eu adoro pôr o pé no chão.


Mas o mais complicado de tudo, até agora, tem sido não ter liberação para sair de casa. Droga de H1N1 e demais doençazinhas chatas que invadem essa época do ano. E assim, até o básico – tipo comprar papel higiênico – é melhor pedir para alguém fazer. Claro que a mãe da mamãe de primeira viagem está fazendo compras para nós com o maior gosto, mas eu acho pura sacanagem...


Bom, mas e o que tem a ver o Atari com tudo isso? Hoje estou passando de fase!!! Acabou a quarentena!!! Não quer dizer que eu posso fazer tudo que eu bem entender (isso não me pertence mais), mas hoje eu fiz as unhas!!! E só uma mulher sabe o quanto isso significa... E fiz as unhas de vermelho!!! Nossa, isso fazia bem uns 6 meses que não acontecia... Porque no final da gravidez, com a história de poder ter um eventual parto prematuro, mantive as unhas transparentes até agora... Aliás, não fazia as unhas desde o natal do ano passado! (Alguém me disse ou eu li que era perigoso pegar Hepatite e como eu não tinha tomado todas as doses da vacina ainda, achei melhor prevenir). Detalhe: a manicure veio em casa... vai que o pimpolho acorda e precisa mamar, né... ;)


Enfim! Aos poucos a vida vai se encaixando na normalidade, com um "plus" sensacional: além de hoje estar me sentindo um pouco mais feminina, hoje também sou uma mãe um pouco melhor do que era 40 dias atrás... ;)

7 comentários:

Érica Lenita Blog´s disse...

Ixi, se eu ficar um dia sequer sem pintar as unhas, eu acho que eu morro.

Eu tenho uma mania muito grande de comprar esmaltes. Tenho muitos, de todas as cores possíveis. Sempre que vou à farmácia ou ao supermercado compro 2 ou 3 de cores diferentes.

Então, imagina se eu consigo ficar sem utilizá-los.

Bjão!!!

1001roteirinhos disse...

Que sorte a sua, eu contei nos dedos para passar os tais benditos 3 meses que todo mundo dizia que as cólicas do baby passariam. E não é q passaram? Ufa! Esse tempo vai longe, ele já tem 4 agora, e vc vai ver que delicia é cada fase dessas criaturinhas.
Bjs,
Eliane
PS. Adorei o título do post! :)

Fabiola disse...

Quarentena?? O que é isso? Nunca fiz e nem tive....kkkkkkk..... !!! Só nao entendi a historia de unha transparente para eventual parto prematuro???
Li e Ro, curtam bastante...esses pequerruchos crescem rápido demais!
bj

Lilian disse...

Dizem que as unhas devem ficar 'limpas' para permitir identificar rapidamente um eventual arroxeamento da ponta dos dedos... Sei lá, né... Já que não custava nada, as unhas ficaram limpas...

fabizin disse...

Menina... eu li ATARI e lembrei de AVATAR! kkkkkkk...deve ser o filho de 2 anos e a gravidez que faz isso com uma pobre mulher...kkkk.
Eu tbem no tive quarentena não e nem sabia dessa historia de esmalte vermelho! PIntava mesmo, até de cor de bosta, conhece essa? kkk. Pintava os cabelo pq sou filha de Deus e ele nao tem cabelos brancos, mas eu tenho e muitos.
Jaja acaba as muitas quarentenas com essa monte de frescuraiadas.. o povo fala e inventa demais viu?! A segunda gravidez é totalmente sem frescuras...hohohoho...nessas horas tenho dó de mim, raspa de taxo!
Bjos pra vcs!

Cibele disse...

Tô atrasadinha na leitura dos meus blogs preferidos, então... só agora vou comentar!

Essa do esmalte eu tb não sabia não... Pura novidade (esse povo inventa não?) hahahaha Não pode isso, não pode aquilo, não pode... não pode... Mas um monte de gente faz, até sem saber... rsrsrs

Concordo com a Fabiana de que com a segunda gravidez vai ser bem diferente... Embora eu seja uma "nuligesta" (minha ginecologista me disse isso uma vez, achei tão legal... hahaha) acompanhei de perto as 3 gestações da minha irmã e posso dizer que: se com a Lu a Neusa fervia tudo, com a Marina, coitadinha... rsrsrs Era tudo no "improviso"...

Mas, parabéns pela nova fase! Minha amiga costumava dizer que Filho é como videogame: a cada fase vai ficando mais difícil... Mas com vc aprendi uma nova versão para essa frase: "Passar de fase é sempre a melhor parte!"

De tudo isso, só posso dizer uma coisa (e vc vai me entender, pq há pouco tempo tb era uma "nuligesta"): MÃE É TUDO IGUAL; só muda o endereço! hahahahahaha

Beijão!!!!

Lilian H.G. disse...

Como tb sou mãe tb vou comentar.
Essa do esmalte é verdade sim. O anestesista que passei tb disse que quando fosse para ter o bebê,'unha sem esmalte ou só base', exatamente pelo que minha xará falou, é pela cor da unha que os médicos vêem se a gente está bem.
E quanto à quarentena tb não passei por isso, como meu parto foi normal eu fiz praticamente o que podia (até saí de casa com o Luan com 5 dias.. rsrs), menos fazer esforço por causa dos pontos e da cicatrização.
E assim a gente vai passando as fases da vida..